Notícia de Carros

Matéria Especial

Relação peso/potência

24/07/2012
Não deixe de fazer esta conta antes de comprar seu próximo carro      

Da Redação/ Imagem: Divulgação    

 Ao comprar um carro as pessoas costumam avaliar vários itens: o preço, a potência, o consumo de combustível, a cor e o conforto, mas poucos sabem que a relação peso/potência de um automóvel pode dizer muito sobre ele.    

 A Relação Peso/Potência ajuda o consumidor a ter uma noção da sensação que vai ter com ocarro que pretende comprar. É claro que este dado por si só não é suficiente para coroar ou crucificar um automóvel. 

Fatores como torque do motor, câmbios bem escalonados, modernidade do projeto e boa aerodinâmica são outros fatores importantes que podem ajudar um carro não tão leve a parecer melhor e vice-versa.

Existe uma conta simples de fazer cujo resultado irá ajudá-lo muito na hora de comprar um carro. Para obter o valor da relação Peso/Potência basta consultar a ficha técnica do veículo em sites automotivos, revistas sobre carros e mesmo em tabelas de preços mais completas.   
   
   A conta é simples: basta dividir o peso do veículo pela potência (cv) máxima de seu motor. Os dados podem ser encontrados no manual do proprietário. Quanto menor o resultado, melhor será o desempenho. Assim, no caso de um Gol Ecomotion Geração 4, você terá: 853 Kg / 71 cv = 12,01 Kilo por cv.
   
  Isso quer dizer que cada cavalo de potência do Gol em questão carregará um pouquinho mais que 12 quilos. Este resultado é importante pois indica que o carro  é econômico, porém não é tão rápido e que pelo peso não deve vir com muitos equipamentos de segurança e terá preço  de carro popular.    

 O professor Rogério José Marczak, do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), afirmam que um veículo com muito peso para sua potência tem menor desempenho na hora de fazer acelerações rápidas, ultrapassagens ou em subidas, ainda mais se carregado.    

 Vamos observar logo abaixo alguns exemplos de modelos, para que você tenha idéia de como seu carro se sai e os destaques positivos e negativos da categoria, se houver. 

Observação: Vale lembrar que a potência máxima é obtida sempre com Etanol quando o carro é flex e que o peso é o médio entre um carro básico e um bem equipado.     

   Popular 1.0  
 Ka – 905/73 = 12,40  Gol G5 – 947/76 = 12,45
Mille – 830/66 = 12,58
Novo Uno Way –  920/75 = 12,27
Nissan March – 938/74 = 12,68    

 O Celta obteve 11,28 Novo Palio e Sandero1.0 obtiveram 13,6 e 13,3 respectivamente. Kia PicantoRenault Clio e Classic ficaram nos patamares, próximos a 12 Kg/cv. Já Siena Fire mostrou estar fora de forma, conseguindo apenas 13,86. Voyage 1.0 alojou-se no meio destes últimos, com 12,81.     

  Compactos 1.4 a 1.6   

  Corsa 1.4 – 1026/105 = 9,77
Agile – 1032/102 = 10,12
Peugeot 207 1.4 – 12,74
Peugeot 207 1.6 16 v – 9,78
Ford Fiesta Rocam 1.6 – 10,60
VW Gol 1.6 – 9
Renault Sandero 1.6 8v – 11,11   
     Sim, aqui há dois destaques: Ford Ka 1.6 com 8,70 eNissan March 1.6 com 8,85. No mais, JAC J3 com quase 10, Novo Uno 1.4 próximo a 11 Novo Palio 1.4 com 11,70 no fim da filaCom motor e-Torq 1.6 e câmbio Dualogic, no entanto, o Novo Palio mesmo sendo mais pesado fica com relação peso/potência de 9,32 Kg/cv.  

   Compactos Premium 1.4 e acima   
   Categoria esta que surgiu com Citroën C3 1.6 16 válvulas e VW Polo 1.6 e 2.0 por volta de 2002. Aos poucos os modelos 1.4 também foram se acomodando por aqui. Vejamos como eles se saem:  
  Citroën C3 1.4 – 13,30
Citroën C3 1.6 16 v – 10,20
Chery Cielo 1.6 16v – 1375/119 = 11,55
Renault Sandero Stepway 1.6 16v – 9,97
VW Polo 1.6 – 10,50
VW Polo 2.0 – 9,28  

 Os New Fiesta Hatch e Sonic Hatch foram bem na categoria, com relação peso-potência na casa dos 9,9 Kg/cv. Já o Fiat Punto foi do céu ao purgatório: na versão básica, 1.4 Evo, obteve 12,80. Na versão Turbo T-Jet, ficou com 8,09. No meio destas, a versão1. 8 16v obteve bons 8,76 e a 1.6 16v nada maus 10 Kg/cv.     

 O CrossFox1.6 pode pesar 80 Kg a mais que um Fox Prime 1.6 devido aos enfeites e outras modificações. Assim, um Prime teria relação de 10,05 contra 10,87 do irmão aventureiro.    

  Sedans Pequenos acima de 1.0   
  New Fiesta Sedan – 10,10
Sonic Sedan – 10,05
City – 9,67
JAC J3 Turim – 10,18
Fiesta Sedan Rocam 1.6 – 10,61
Chevrolet Cobalt 1.4 – 10,5
Polo Sedan – 10,90
Voyage 1.6 – 9,50
Nissan Versa – 9,84  



Grand Siena, que com motor 1.4 atinge relação de 12,43 e com motor e-torq 1.6 16 v consegue bons 9,81. Voyage, mais moderno que o Polo Sedan e mais barato se deu melhor aqui também.     

  Hatches Médios     

  Hyundai i30  - 1363/145 = 9,4
Focus 1.6 – 1164/116 = 10,03
Focus 2.0 – 1340/148 = 9,05
Hyundai Veloster – 1172/128 = 9,16
Bravo 1.8 16v – 10,22Cruze Sport6 LTZ AT – 9,79       

 O Bravo T-Jet com recurso Overboost, faz com que ele consiga bons 8,40Kg/cv quando utiliza os 163 cavalos de que dispõe. A Peugeot  na versão 1.6 ele alcançou a relação de 10,82 e na versão 2.0 AT, 9,20.    

   Sedans Médios     

  Mitsubishi Lancer – 8,5
Toyota Corolla 1.8 – 8,40
Toyota Corolla 2.0 – 8,24
Cruze Sedan LTZ AT – 9,79
Jetta Comfortline 2.0 8v – 11,21
Jetta TSI Turbo 16v – 7,31
Honda Civic -9,08
Nissan Sentra 2.0 – 9,5
Renault Fluence – 9,6
Subaru Impreza 2.0 4X4 – 8,5
Peugeot 408 2.0 – 10,11
Peugeot 408 1.6 THP Turbo – 9,8
BMW 328i – 6,27
Mercedes-Benz C250 – 7,37   

 Quem diria que o Elantra seria assim tão leve (1215 Kg) a ponto de conseguir relação peso-potência de apenas 8,1? E o Linea 1.8 que parecia mais leve por ser menor, cravou 10, nem tão melhor assim que o JAC J5 com moderno motor 1.5 que atingiu 10,52.  

 O destaque ficou por conta do Jetta Highline TSi Turbo. Um esportivo de fato que custa apenas R$ 3 mil a mais que um Civic EXS aspirado. Um caso à parte aqui foi o Volvo S60, que acaba competindo com BMW Série 3 e MercedesClasse C custando bem menos. Tem três opções turbinadas, sendo a T6 com 6 cilindros e tração integral.   

 Cada versão tem uma proposta distinta e preços de R$ 103 a R$ 170 mil reais. Bom desde o báico, o T4 1.6 T tem uma relação peso/potência de 8,23, o T5 2.0 T de 6,18 e o T6 3.0 V6 T de divertidos 5,39.    

 Sedans Grandes   
   VW Passat 2.0 T – 6,93
VW Passat CC 3.6 V6 – 5,44 (marca próxima ao do Audi A6)
Peugeot 508 – 8,67
Ford Fusion 2.5 – 8,79
Ford Fusion 3.0 V6 – 6,79
Kia Optima -  8,62
Hyundai Sonata – 8,29
Chevrolet Omega Fittipaldi 3.6 V6 24v – 6,04
Mercedes-Benz E 350 – 5,77
Mercedes-Benz E 500 – 4,49
BMW 535i 3.0 Biturbo – 5,50

Veja que quanto menos peso por cavalo o carro carrega, mais reais do seu bolso ele leva. Contudo, você não terá do que se arrepender em termos de segurança, desempenho e status.  Agora se seu negócio é pilotar, dê uma olhada nos números dos carros da categoria abaixo. 

  Esportivos e Superesportivos 

 No mundo dos supercarros a história é outra: são seguros, equipados, rápidos, raros e leves, pois carregam materiais nobres até no monobloco e podem ter chassis tubular de alumínio, muitas peças de fibra de carbono, plásticos especiais na carroceria.     
  Ferrari 458 Italia V8 – 2,61 Kg por cv
BMW M3 V8 – 3,76
BMW M5 V8 Biturbo – 3,52
Mercedes-Benz C6AMG V8 – 3,70
Chevrolet Camaro – 4,32
Porsche 911 4S – 4,14
Lamborghini Gallardo LP 560M  V10 – 2,73  

  Picapes Pequenas  
 Elas caíram no gosto de quem têm um pequeno negócio ou de quem quer um carro que não custe muito mais que um carro popular, mas que tenha desempenho melhor. Por isso, muitos jovens optaram por elas. Podem ter cabine simples, alongada (Montana, Hoggar), estendida ou dupla.

 Vamos ver a relação peso potência das picapinhas, quando  vazias em suas versões mais básicas, com exceção da Strada Sporting Estendida, que coloquei aqui para mostrar que uma picape pequena pode ser ágil e divertida, embora não esteja mais em produção.     

  VW Saveiro 1.6 – 9,95
Chevrolet Montana 1.4 – 10,70
Ford Courier 1.6 – 9,77
Peugeot Hoggar 1.4 – 13,84
Fiat Strada Fire 1.4 – 12,27 
Fiat Strada Sporting Estendida 1.8 16v – 9,05     

  Picapes Médias    

 Vide antiga S-10 e Nova S-10 para ilustrar o que digo. Viraram sonho de consumo da classe média e embora seja 4×4 pisam cada vez menos em estradas de terra.     

  Toyota Hilux CD SRV 4×4 TD Auto – 11,32
VW Amarok TD 8 marchas AT 4×4 – 11,51
Nova Ford Ranger 3.2 TD AT 4×4 – 10,99
Nova Chevrolet S10 3.2 TD AT 4×4 – 11,45   

  SUVs, Minivans e Peruas 
   Ford Ecosport 1.6 2012 – 11,30
Renault Duster 1.6 – 10,94
Renault Duster 2.0 4×4 – 9,46
VW SpaceFox – 10,98
Chevrolet Spin 1.8 8v – 11,62
Citroën C3 Aircross 1.6 – 11,51
Citroën C3 Aircross 1.5 – 14,40
Chery Tiggo –  12,96
Hyundai Tucson 2.0 – 10,91
Nissan Livina 1.6 MT – 9,5
Nissan Gran Livina 1.8 – 10,37
Fiat Palio Adventure – 8,99
Honda Fit 1.4 – 11,02
Honda Fit 1.5 –  9,84
VW Kombi Standard 1.4 Flex – 16,21
VW Jetta Variant 2.5 5 cilindros – 8,69    

 O carro que acabou surpreendendo um pouco foi a Nissan Livina básica. A PalioWeekend com motor e-torq provou que a escolha desde propulsor foi acertada e o belo e interessante Citroën C3 Aircross merecia um propulsor à altura de seu projeto. A Kombi dispensa comentários (positivos).   

   SUVs, Minivans e Peruas com preço próximo ou acima de R$ 100 mil    

 Os SUVs mais desejados começam com modelos que têm motor 2.0 ou 2.4 de 4 cilindros comoMitsubishi ASX, Hyundai iX35Kia Sportage e Honda CRV. E a partir de certo ponto, como preço parece não ser um problema para quem os compram, opções V6 e V8 e turbo diesel de quatro ou mais cilindros engrossam a lista de opções.      

No exterior já existem alguns modelos híbridos (motor elétrico mais motor a gasolina) neste segmento, o que pode vir a se tornar uma tendência em tempos ambientais.   
   Hyundai iX35 2.0 – 8,8
Honda CRV 2.0 – 10,29
Chevrolet Captiva 2.4 – 9,07
Chevrolet Captiva 3.6 V6 – 6,66
Kia Sportage 2.0 – 9,03
Toyota Hillux SW4 Turbodiesel – 10,99
Hyundai  Santa fe 3.5 V6 – 6,59
Kia Sorento 2.4 – 10,23
Porsche Cayenne Turbo – 4,71
Land Rover Range Rover Vogue 5.0 V8 – 5,25
VW Tiguan – 8,11
VW Touareg V6 – 7,26
VW Touareg V8 – 5,76
Dodge RAM 2500 6.7 V6 Turbodiesel (3279 Kg/ 310 cv) – 10,58   

O destaque aqui é o Porsche Cayenne Turbo, com relação peso/potência de sedan esportivo. E entre os menos caros, os SUVs da Hyundai e Chevrolet, tanto de 4 como de 6 cilindros obtiveram boas marcas. Acolhemos a RAM aqui por ela ser a única representante do segmento de picapes grandes no mercado e por concorrer com muitos dos modelos aqui apresentados.  
Comentários de internautas

Mais Notícias